Leitura do Rosto
Saiba mais a respeito dos traços de seu rosto.

Leitura do Rosto






Seu rosto fala por você,
Saiba mais!

Fisiognomonia

Galeria de Fotos

Pensamento do Dia ( TWITTER)

Hasta la vista, baby!
Artigos - Banda Hasta La Vista
Escrito por Texto extraído do IG Jovem   
Banda paulista vence o festival estudantil Pepsi Música, grava CD, ganha videoclipe e decide os próximos passos da carreira

Hasta la vista, baby!

Banda paulista vence o festival estudantil Pepsi Música, grava CD, ganha videoclipe e decide os próximos passos da carreira

Larissa Drumond, iG São Paulo


A banda Hasta La Vista tem pouco mais de dois anos e já é vencedora de um festival estudantil, o Pepsi Música. O primeiro lugar dava direito a 15 horas de gravação num estúdio profissional, filmagem e edição de videoclipe, mil CDs prensados e uma guitarra. Haja presente! Mas para ganharem tudo isso, Johnny (bateria, 19 anos), Marcos Mortari (guitarra, 17), Lucas Costabile (baixo, 17), e Mineiro (vocal e guitarra, 17) – único integrante que nasceu em Belo Horizonte, não em São Paulo – se esforçaram bastante. E, na verdade, achavam que nem tinham chances de ganhar. “Nós sempre tocamos em concursos que priorizavam as bandas ‘tendência’, não qualidade musical, que é o que mais buscamos”,

diz Johnny.


Tudo aconteceu depois que o irmão de Johnny viu a propaganda do festival numa revista.

“O concurso é muito grande, mas resolvemos tentar”, diz o baterista. Meses depois, eles receberam uma ligação avisando que a banda havia passado na pré-seleção. O passo seguinte foi gravar “Faça o Teu Caminho”, a música de inscrição, em um estúdio profissional com mais nove bandas. Cinco delas foram para a final e as demais passaram pela repescagem por meio de voto popular na internet. Mas a canção deu sorte e eles foram selecionados diretamente para a última etapa, que aconteceu na casa de shows paulistana Citibank Hall.


Depois da notícia, os quatro se reuniam duas vezes por semana na casa de Johnny para ensaiar exaustivamente as três músicas escolhidas para compor o setlist: “A Festa”, “Suzana” e “Hasta La Vista” – que dá nome à banda. “Abandonamos a que inscrevemos, porque não é a das mais animadas”, diz Marcos. Sabe aquelas casas de filmes da "Sessão da Tarde" em que, no segundo andar, o protagonista puxa um alçapão com uma escada de metal acoplada que dá acesso

a um sótão escondido? É exatamente assim. Os meninos não iam parar de tocar e os vizinhos, de reclamar do barulho. Então, Johnny buzinou no ouvido do pai até que ele resolvesse construir um estúdio para o filho batucar.


Deu certo. Mas mesmo empenhados e preparados, eles confessam ter ficado muito nervosos antes do show. Não só porque havia 2.500 pessoas olhando para o palco torcendo para que errassem a nota ou tropeçassem, mas principalmente por causa do júri, que avaliava atentamente, e do nível das outras bandas. “O nosso MySpace era meio caído, enquanto os outros já eram superbombados

e cheios de fãs”, confessa Mineiro. Mas para surpresa – e alívio! – do Hasta La Vista, a plateia pulou, bateu palmas no ritmo da música e ainda arriscou uns versos do refrão. “Tudo isso foi sensacional. A melhor parte foi ter tocado com o Tico Santa Cruz, que entende bastante do que faz”, revela Marcos. Ainda como parte do prêmio, eles vão abrir a noite para uma banda nacional –

ainda não revelada – no Pepsi On Stage, no Rio Grande do Sul.


"A guitarra é o nosso xodó, nunca vamos vender", diz o vocalista Mineiro


Letra, Música & Sucesso

Fãs de Jorge Ben e Djavan a Jota Quest e Skank, Mineiro cria as letras, e Johnny – o único que já terminou o colégio e faz faculdade; aliás, de Música – cuida dos arranjos e das melodias. “É uma parceria meio Lennon/McCartney”, brinca o vocalista. “Eu estava cansado de escrever letrinhas de amor e sobre situações abstratas e resolvi contar uma história”, completa. Foi aí que surgiu ‘Suzana’, uma garota traumatizada e que – antes que perguntem! – não existe na vida real. “Coloquei esse nome justamente porque não conheço nenhuma, senão todo mundo ia ficar curioso para saber quem é”, diverte-se Mineiro.


Nomes à parte, a maior preocupação agora é decidir qual música vai ganhar o primeiro videoclipe. “Provavelmente vai ser ‘A Festa’, porque o refrão pega. Mas ainda estamos escolhendo”,

pondera Johnny. E depois de quase tudo pronto – redes sociais, apresentações em grandes casas de shows, CD gravado, videoclipe e talento –, só falta mesmo o empresário. “É o que mais queremos, mas não sabemos se a Pepsi vai dar continuidade ao projeto. De qualquer forma, vamos aproveitar essa exposição”, afirma Mineiro. “A ficha ainda não caiu, mas vamos correr atrás de manager quando o material todo estiver pronto”, diz Marcos.


Mais experientes e vencedores de um concurso grande, eles já turbinaram o MySpace e também estão no Twitter, no YouTube, no Orkut e no Oi Novo Som. E já começaram a fazer mais sucesso

com a ala feminina. “Várias garotas que eu nem sei quem são querem tirar foto comigo”, conta Costabile. A banda gargalha e admite que Johnny é o verdadeiro galã da turma – mas, para tristeza

das futuras fãs, é o único que namora. Hasta la vista, meninas!


(Texto extraído do IG Jovem)