Leitura do Rosto
Saiba mais a respeito dos traços de seu rosto.

Leitura do Rosto






Seu rosto fala por você,
Saiba mais!

Fisiognomonia

Galeria de Fotos

Podcast

Área do Usuário

Eventos & Palestras

A Grafologia e o Amor

Vida Saudável

Vida Saudável

Nosso Livro

Pensamento do Dia ( TWITTER)

A Virgem de Luján
Artigos - Artigos
Início do século XVI... A caravana que vinha de Buenos Aires e se dirigia para Salta havia acampado no pago de Luján. Ao amanhecer do segundo dia,
os gaúchos recolheram a junta de bois e avivaram os fogos para preparar o churrasco e o leite do desjejum. Depois de saudar Maria Santíssima com uma oração, entre latidos de cães e gritos de incitamento, a caravana tomou rumo. Todas as carroças se moveram, menos uma. Depois de tentarem várias vezes, chegaram à conclusão de que a dificuldade estava em uma pequena caixa que continha uma imagem da Virgem, de terracota, que viera da Espanha, de pouco mais de 50 centímetros de altura. Não tinha caráter artístico marcante, mas era uma figura muito piedosa. Seria entregue a um senhor de Salta. Considerou-se, então, que a Providência queria que a imagem ficasse ali naquelas paragens.

Diante do altar de Luján, ofertaram-se as bandeiras conquistadas nas vitórias; e nos dias de grandes calamidades, as peregrinações se dirigiam para Luján implorando a misericórdia divina.

No início uma humilde choupana de argila, anexa a uma estância; logo depois, uma capelinha de tijolos de barro, coberta de palha; em seguida uma pequena igreja em estilo colonial e, por fim, uma monumental basílica de torres góticas, o santuário de Luján tem registrado as etapas de crescimento da nação. A Virgem desta invocação é padroeira do Uruguai e do Paraguai, além de o ser da Argentina. Na Itália, na França e na Espanha existem reproduções da sua imagem.







Extraído da revista “Seleções”, de dezembro de 1949.