Leitura do Rosto
Saiba mais a respeito dos traços de seu rosto.

Leitura do Rosto






Seu rosto fala por você,
Saiba mais!

Fisiognomonia

Avô da Lua l Quem Somos

Pensamento do Dia ( TWITTER)

Minha forma de pensar
Artigos - Avô da Lua
Cada vez mais, tanto a Parapsicologia quanto a Psicologia se voltam para a importância dos fluxos de energia e de seus bloqueios em cada indivíduo. Muito antes destas duas ciências surgirem, a Astrologia já indicava a importância de se considerar as energias que se manifestam e operam em cada um de nós. De fato toda a vida física e mental é uma manifestação energética. Outros estudos, como a Bioenergética, consideram os campos de energia que emanam de cada indivíduo e a relação com as doenças físicas e mentais.

Hoje, a ciência prova as relações existentes entre os campos de energia que emanam de cada um de nós com os ciclos e mudanças biológicas que ocorrem no campo Geomagnético. Muitos médiuns e clarividentes já mencionavam os fenômenos hoje comprovados cientificamente e enfatizavam a importância da energia nos processos de cura. Afirmavam ver a aura, não só humana (que posteriormente foi fotografada), circulando em cada pessoa e, por meio desta, podiam diagnosticar e prever doenças, bem como descrever o temperamento e as características de cada um.

Eu tive o privilégio de conviver com vários médiuns excelentes, os quais não só praticavam esta “leitura” como, em alguns casos, tive acesso a médiuns que, através da visão da energia que circula em torno de uma pessoa, falavam de suas vidas passadas.

Durante um período de aproximadamente três anos, convivi com uma médium que desenhava a aura que ela enxergava em torno do corpo,  utilizando-se de canetas hidrográficas e, posteriormente, usávamos este desenho para o trabalho que o parapsicólogo efetuava com esta pessoa. Depois de passar por algumas sessões de reabilitação da energia vital, este indivíduo era submetido a uma nova “leitura” e a médium desenhava novamente as energias ao redor do corpo da mesma e os desenhos eram comparados.

No entanto, aqueles que estão envolvidos com as práticas curativas possuem um poderoso veículo, capaz de fornecer uma “linguagem” favorável para o levantamento de dados e informações para se realizar um futuro trabalho terapêutico sobre o indivíduo. Esse instrumento é a Astrologia.

Muito mais do que se pensa, o mapa astral, que é traçado a partir da primeira respiração, registra não só o momento que o nosso organismo começa esta complexa troca com a existência, mas traz em si muitas informações sobre aquilo que já vivenciamos e o que devemos aperfeiçoar, como dons e talentos, bem como o que devemos inibir, como vícios e padrões mentais.

A Astrologia determina que energias e padrões energéticos operam em cada pessoa e, ao mesmo tempo, se afinam ou combinam com as energias do cosmos, numa complexa interligação. Tudo está combinado e cada indivíduo estabelece a sua própria relação com o universo, a partir do que já viveu e do que está por vir na sua vida. As energias coordenam esse processo e o mapa é uma espécie de “registro geral ou CPF” espiritual.

Cada um de nós está mais afinado com um dos elementos e menos com outros. É justamente desta combinação, com os quatro elementos, que surgem os doze signos. Não nascemos em um determinado signo por acaso, estamos combinados com esta forma de energia e o nosso espírito se “afina” a ela. Esta mesma energia, da qual o espírito é formado e estabelece uma troca única com o universo, determina sob que signo iremos, desta vez, renascer, a fim de continuarmos a nossa jornada.

O rosto é mais uma prova da manifestação da energia espiritual na matéria. No momento de um novo nascimento, o organismo físico volta a funcionar como um “veículo” para o nosso espírito e, nesse organismo, os quatro elementos (terra / fogo / ar / água) se combinam de acordo com o padrão ou características que o nosso espírito desenvolveu, formando um novo organismo em função do que trazemos para uma nova encarnação. Sabemos que energia é matéria e, portanto, no processo de encarnação, estas energias se combinam de acordo com cada um e, no momento do desencarne, estas se desfazem.

Os traços do rosto se formam a partir da energia que emana do espírito. A expressão, o tipo de olhar, bem como todas as outras características que formam o rosto humano, são diretamente influenciados pela energia do espírito e também pela relação que cada um de nós possui com o universo, combinando as energias do céu, no momento do nascimento, com aquelas que cada um traz em si. É possível, portanto, avaliar não só o rosto, mas o tipo físico e, também, as linhas das mãos.

As linhas das mãos também sofrem o mesmo processo. As “marcas” que trazemos nas mãos são resultado da manifestação dessa energia do espírito no cérebro e, posteriormente, nas palmas das mãos.

Alguns estudiosos chamam os signos de construtores invisíveis e, na verdade, desempenham um papel determinante no processo de renascimento de cada um de nós. Existe  uma relação direta com o ser humano e o seu mapa, ou seja o universo, e esta se desenvolve por toda a nossa vida. Trata-se de um estudo extremamente vasto e complexo, levando em conta inúmeras informações e conceitos. Não poderia ser diferente, uma vez que o mapa representa a vida, a existência de cada um.

Por fim, deixo aqui dois pensamentos que ilustram a minha tentativa de expor a vocês esses interessantes estudos.
Arnaldo Correa Junior



“Você não é um ser humano que está passando por uma experiência espiritual, você é um espírito que está vivendo uma experiência humana.”
Wayne Dyer

“Toda a entidade individual está em contato com certas vibrações.”
Edgar Cayce